Páginas

Era apenas um sonho...



Era noite de lua cheia. Eu me vi perdida, vagando por ruas que não me recordo conhecer. Não sei como fui parar ali. De repente um celular toca, e eu me dou conta que ele esteve na minha mão o tempo todo. Ao atender, dou vida a uma voz familiar, que clama por socorro, diz adeus e desliga sem me deixar falar nada.

Continuo andando, mas dessa vez um pouco mais depressa, fugindo de alguma coisa, talvez. Uma senhora de cabelos negros chama por meu nome e sussurra em meu ouvido: "Seu namorado cometeu suicídio por sua culpa!". Me desespero. Meu namorado morreu! Pior que isso, ele se matou! Por quê ele fez isso comigo? Por quê partiu e me deixou aqui? Preciso encontrá-lo, preciso dizer que o amo, mesmo sabendo que ele não ouvirá mais.

Corri por muito tempo, não conseguia me situar, tampouco chegava à algum lugar. Cansei, recuperei o fôlego e corri novamente, dessa vez com mais velocidade. Onde eu estava? Por quê não havia ninguém ali? Notei que havia um outdoor com uma propaganda da Coca-Cola em uma esquina. Parei e olhei tentando lembrar de algo. Eu já tinha visto aquele outdoor antes. Eu estava andando em círculos.

Fui vencida pelo cansaço. Me encostei em uma parede e chorei. Chorei desejando entender o que estava acontecendo. A senhora de cabelos negros apareceu novamente com um sorrido enigmático no rosto. Meu nome parecia melodia, quando dito na voz dela. Chamou por mim três vezes, até, finalmente eu acordar soada, e perceber que tinha sido só um sonho. Ufa...


2 comentários

  1. Que texto lindo, com uma música perfeita de fundo *-*
    Parabéns pelo o blog, virei sempre aqui.

    http://rosa-amarelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda você! Visitarei você sempre!

      Excluir

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger